Skip to content

UMA HISTÓRIA EM QUE AS COISAS ACONTECEM

            Há muita ação, os personagens todos interagem, conduzindo o leitor a lugares e a sentimentos muito fortes.  (Laura Bacellar – Editora)

            O Conselho Sagrado dos Sacerdotes da Congregação Amonitas da Cananeia – AMOCAN – subordina suas crenças e ações às ordens de Moloch, o “Deus Devorador de Crianças”. Seus membros dissimulam sua rotina comportando-se como integrantes da Igreja Católica, e espalham o mal ajudados por seres de outros mundos. 

            Sociedades secretas, sociedades discretas e outras bastante conhecidas, uniram-se no propósito de combater a atividade dos discípulos de Moloch. Estes grupos de homens e mulheres empenhados em derrotar o mal, são conhecidos, no campo de batalha, pela alcunha de Kadosh.

            A trama é um confronto entre o bem e o mal, com muita correria pelas cidades do Rio de Janeiro, de Cristalina e alguns lugares em outras dimensões. Padvo, um advogado que defende estupradores de crianças, tem como seu cliente inicial Wlaang, um negro recém saído da prisão. O criminoso, em sua primeira noite liberto, faz sexo com uma menina de 13 anos chamada Jaqueline,  que tem os olhos parecidos com os de uma serpente. A menina entra no carro do advogado sem que ele perceba e só é descoberta quando ele chega em casa. A partir daí entra em cena um policial caolho chamado Saddy, que vem ameaçar Padvo, prometendo prendê-lo por ajudar criminosos.

“Segundo as escrituras, por volta de 1900 a.C., os povos amorreus adoravam o deus Moloch.

De acordo com o antigo testamento da Bíblia, nos rituais de adoração, havia atos sexuais e sacrifícios de crianças.

Passados quase quatro mil anos, estes rituais ainda ocorrem, de forma ostensiva, mas o homem não tem olhos para vê-los.

Esta história permeia a fronteira entre o mundo físico e o espiritual, na eterna batalha entre o bem e o mal, de uma maneira bastante peculiar.

De um lado, estão os discípulos de Moloch, o deus devorador de crianças; do outro, os Kadosh, homens livres e de bons costumes, iniciados em ordens herméticas, que têm a missão de garantir a integridade dos pequeninos.

Ambos os partidos são auxiliados e influenciados por seres especiais que, não sendo humanos, são proibidos de protagonizar o conflito.

Muitos segredos são desvendados no desenrolar da trama, para aqueles que têm olhos para ver, e vários procedimentos ritualísticos, de algumas ordens herméticas, são traduzidos em suas ações.

A dor de perder transforma comportamentos, a esperança no amor fortalece relacionamentos. A pureza da inocência é o que interessa, tanto para quem a devora como para quem a protege. O que parece acaso se torna parte de um plano maior.

Bem-vindo ao campo de batalha!”

Adquira o Kadosh diretamente com o autor:

Adquira o livro em uma das principais lojas online:

Adquira o ebook na Amazon Kindle:

Sobre o autor:

Nascido em Curitiba, Leônidas Carneiro Junior é um paraquedista do Exército Brasileiro iniciado nos mistérios da Doutrina Secreta. Imergiu na escrita criativa com o propósito de colocar, de forma menos erudita, temas de transformação da pedra bruta em pedra polida ao alcance dos mais novos e daqueles que ainda não nasceram, independente da idade que tenham.